Eventos

Feira: produtores de Cachoeira do Campo em festa

Inaugurada no último sábado, 04, a Feira do Produtor de Cachoeira do Campo e Região oferece mais do que apenas um comércio, mas traz esperança de um futuro mais promissor. Foram expostos produtos alimentícios, artesanatos e houve a apresentação de um grupo de músicos da Sociedade Musical União Social do distrito de Cachoeira. A feira é uma realização da Secretaria de Agropecuária de Ouro Preto.

Neuza Santiago, moradora de Santo Antônio do Leite, disse estar satisfeita com o movimento já no primeiro dia e anseia por mais visibilidade do seu trabalho. “Essa feira vai nos dar crescimento, pois as pessoas precisam escoar o produto delas e essa é uma grande oportunidade”. Neuza trabalha com suas duas filhas em Santo Antônio do Leite produzindo geleia e licores, que são produtos do La Do Pé. Já em Glaura, a agricultora faz doces de leite, os Sabores do Uaimii.

Dona da barraquinha de hortifruti, Lúcia Maia definiu a feira como uma troca de saúde. “Isso é uma coisa fantástica e nos dá oportunidade de colocar produtos de qualidade, familiar, saudável e sem remédios. Trabalho há dois anos com meu marido e nós buscamos nos especializar, inclusive com cursos da EMATER, sempre investindo no conhecimento para aprimorar e cada vez mais trazer um alimento mais saudável”.

Fabrício Gonçalves, secretário de Agropecuária, enfatizou que essa feira era a principal pauta da pasta no plano de governo municipal. “Queríamos a valorização da agricultura familiar, do pequeno produtor e pensar além da propriedade, como a regularização das feiras no Município. O objetivo é, além do mercado, evidenciar as questões culturais dos moradores da zona rural. Tenho certeza que a feira é muito mais do que um espaço de comércio, vai muito além disso”.

Ainda segundo Fabrício, a Secretaria dispõe de técnicos agaricícolas, agrônomos e veterinários que fazem um trabalho conjunto com os produtores, dando todo o suporte profissional, com visitas às propriedades e dicas de melhorias na produção.

A prefeita em exercício Regina Braga agradeceu todo o empenho da equipe da Secretaria de Agropecuária e da EMATER e ressaltou a forte presença das mulheres no meio agrícola. “A Prefeitura está aqui para valorizar e abraçar essa ideia, porque além de comer comidas mais saudáveis, estamos gerando emprego e renda. Essa é a primeira e tenho certeza que será um sucesso. Já temos planos para implementar nos distritos de Santa Rita de Ouro Preto e Antônio Pereira”.

Para participar da feira é preciso ser produtor rural e aguardar a visita da equipe técnica da Secretaria para a testagem do produto. Atualmente são 14 feirantes, com a possibilidade de ampliação, pois, com a inauguração da feira, muitas pessoas se interessarão em participar.

Blima Bracher

Blima Bracher é jornalista, formada pela UFMG e Engenheira Civil. Trabalhou dez anos em TV como repórter e aprsentadora na Globo e Band Minas. Foi Edutora da Revista Encontro e Encontro Gastrô. Escritora, cineasta e cronista premiada.

Posts Recentes

O dia em que negociamos com bandidos

Dois dias na mão dos hackers

18 de janeiro de 2022

Programa Restaura: Ouro Preto e estado unem esforços

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

18 de janeiro de 2022

Onda Vermelha em Ouro Preto: o que muda

Onda Vermelha em Ouro Preto

15 de janeiro de 2022

Ouro Preto: estradas e trechos interrompidos

Prefeito busca parcerias para solução de problemas

15 de janeiro de 2022

Ouro Preto: deslizamento destrói casarão Baeta Neves

Casarão histórico do século. XVIII desaba

13 de janeiro de 2022

Ouro Preto ilhada? Parcialmente, sim

Trecho entre Ouro Preto e Mariana: meia pista

12 de janeiro de 2022

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!