Blima Bracher

Alunos da Ufop premiados em Paris

Duas alunas da Universidade Federal de Ouro Preto, integraram a equipe vencedora da maior competição internacional de biologia sintética do mundo. Concorrendo com renomadas instituições internacionais, a equipe brasileira foi medalha de ouro com o projeto ProChi, desenvolvido com apoio de Beatriz Helena Orlandi de Deus e Laene Abreu Schreiber, graduandas da UFOP.

O ProChi, projeto ganhador, é um probiótico formado por organismo geneticamente modificado (OGM), capaz de combater os principais problemas relacionados às verminoses, doenças que atingem, principalmente, moradores de localidades com ausência de saneamento básico.

As parasitoses são doenças infecciosas causadas por vermes presentes nas fezes humanas, muitas vezes em forma de ovos. Em áreas com falta de infraestrutura de tratamento de água e esgoto, o solo e as águas de rios, lagos e riachos são contaminadas com o despejo indevido dos dejetos. Em contato com a água contaminada, os humanos são infectados, alimentando o ciclo de contaminação pelo parasita.

  1. A doença atinge, que atinge o trato gastrointestinal, diminui a capacidade de absorção de nutrientes, levando a casos de desnutrição. Atingindo em especial crianças e adolescentes, culminando em defasagens de desenvolvimento físicas e psicológicas. O projeto ganhador do prêmio internacional, tem como objetivo matar, tanto os vermes adultos quanto os ovos, melhorando a assimilação dos nutrientes pelo corpo. “Além disso, ele trataria os danos causados pelos vermos por ele ser um probiótico. Então seria uma abordagem bem mais ampla de saúde, não ia só acabar com a doença, mas restaurar a saúde intestinal da pessoa contaminada”, explica Laene. O outro projeto, campeão na categoria “Melhor Hardware”, consiste em um biorreator para a produção dos OGMs. Com valor de fabricação abaixo do praticado no mercado tradicional, o equipamento irá diminuir os custos de comercialização dos probióticos, auxiliando na disseminação do ProChi para zonas carentes.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments