Blima Bracher

Rollo: de viking a ancestral da famosa Dinastia Tudor

Rollo, de Viking a ancestral da Dinastia Tudor

Rollo de Viking a ancestral da Dinastia Tudor

Rollo, de viking a ancestral da Dinastia Tudor

Um dos personagens mais marcantes da série “Vikings” é, sem dúvidas, Rollo, interpretado por Clive Standen, ator britânico, graduado em importantes academias de artes cênicas da Inglaterra. Nascido em 1981, Clive é casado com Francesca e tem três filhos.

O carisma e a beleza de Rollo chegam a ofuscar o protagonismo de Ragnar Lothbrok (Travis Fimmel). Nas batalhas Vikings, alguns historiadores dizem que Rollo ia a pé, pois seu porte atlético cansava os cavalos.

Mas o que mais intriga em seu personagem, é sua trajetória ambígua, sendo um dos mais temidos e habilidosos guerreiros vikings e, convertendo-se depois ao Cristianismo, fundando a primeira Dinastia da Normandia, como Rollo I.

Rollo, Clive Standen, ainda como um guerreiro Viking
Aqui, Rollo, Clive Standen, já como Duque da Normandia

Mas, se a história contada na Série “Vikings”, que pode ser vista na Netflix, é instigante, os desdobramentos reais do verdadeiro Duque da Normandia, Rollo I, são ainda mais intrigantes que a ficção.

Como é de se imaginar,, o sangue Viking, corre em várias dinastias e casas monárquicas da Europa. Isso porque, os vikings eram moradores da Escandinávia ( hoje Islândia, Noruega, Suécia e Dinamarca). Como suas terras eram pouco cultiváveis e eles eram grandes navegadores, por volta de 700 D.C, essas tribos começam a navegar em direção à Europa, principalmente, para territórios onde hoje se localizam a Grã-Bretanha e a Alemanha, em busca de terras, para saquear tesouros e mesmo povoar lugares mais férteis. As batalhas eram sangrentas e os Vikings dominavam a técnica de escudos, onde o guerreiro vizinho protege o do lado, sendo hábeis em estudar estratégias e atacando de surpresa.

Como as batalhas eram violentas, muitas delas terminavam em acordos de casamentos, entre reis tribais Vikings e herdeiros ou herdeiras de monarquias da Cristandade.

Foi isso que aconteceu com Rollo, que , junto com outros guerreiros Vikings teriam atacado Paris e a França. Em troca de paz, Rollo teria recebido terrenos no norte da França, a Normandia, tendo se casado com a nobre Poppa de Bayeux, tornando-se o rei Normando Rollo I. Com Poppa, Rollo teve três filhos, William Espada Longa e as princesas Adélia e Gerlessa da Normandia. De um segundo casamento, com Gisela da França, deixou a princesa Griselle da Normandia.

Rollo ou Rollon I, já como Duque da Normandia
Poppa de Bayeux, esposa de Rollo, pais de William Espada Longa

Pois bem, seu filho William Espada Longa seria tataravô do Rei William, o Conquistador, primeiro rei normando a governar também a Inglaterra. William, O Conquistador era pai de Henrique I e bisavô de Henrique II. Henrique II era pai de João I, conhecido como João Sem Terra. Pois bem, cerca de 9 gerações depois, chegaremos ao famoso monarca inglês, Henrique VIII, o mais famoso rei da dinastia Tudor e conhecido por suas seis esposas.

O rei Tudor Henrique VIII e suas seis esposas: Catarina de Aragão, Ana Bolena, Jane Seymour, Ana de Cleves, Catarina Howard e Catarina Parr

É importante lembrar, que, por conveniência, muitas Dinastias Européias se casavam entre si, sendo as casas Tudor, Stuart, dos Habsburgos, Braganças, Orleans, entre tantas outras, interligadas por parentescos de sangue em acordos matrimoniais reais.

Jonathan Rhys Meyers, que interpretou Henrique VIII na Série “Os Tudors”. Henrique seria descendente do Viking Rollo
Blima Bracher #blimabracher @blimabracher

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários