Blima Bracher

Rap, por Blima Bracher

Objeto de Fani Bracher

“Rap”   por Blima Bracher. “Ser  fora da curva, fazendo reta. … E de tão certa, a gente entorta. E faz curva a reta que devia apenas ser ligada entre dois pontos: metas. Setas. . O papo é  freio e o bagulho doido. Não mais esperto. Concreto.. Abjeto. Obscuro. Dá um tempo no role, que eu não te procuro. Saí de canto. Encosta. E não me aposta. Essa rima tá  uma bosta. Falar M.. essa seria a proposta.  Não caio em papo de besta, vê  se acorda.tem muita coisa solta embaixo do tapete, repete. Repete..pete…tete. …” Ilustração: Objeto,  de Fani Bracher .

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments