Blima Bracher

Porque 2021 será o ano da Turquia

Cabelos compridos, joias em prata e couro de carneiro, além de tecidos em tear: Porque a Turquia está na moda. Veja Dirilis e Salt Bae

Dez razões porque os turcos estão na moda

A magia dos turcos e da Turquia, a chave para o Oriente, o portal que separa ocidentais de orientais. Que separa e que junta, tornando a capital Turca, Istambul, um caldeirão de sotaques, influências na gastronomia, moda, joias, tipos humanos, tudo junto e misturado. Ali os mundos se encontram e se comungam, mas não foi sempre assim.

Istambul era a antiga cidade de Constantinopla, capital Oriental do Império Romano, em contraponto a Roma, que era a capital ocidental do Império Romano.

A divisa era um barril de pólvora, como se pode imaginar.

Os povos turcos, viviam em tribos nômades, que se uniam pela crença no Islamismo, tradições e línguas. Muitas eram rivais. Porém, nos anos 1000 D.C. viviam emparedadas no Oriente médio entre dois inimigos: do lado oriental a temida Mongólia, sob a égide do sanguinário Genghis Khan, que queria a riqueza do subsolo turco e a subserviência das tribos turcas.

Do lado Ocidental, o Império Romano queria ampliar suas fronteiras em Bizâncio, onde ficava Constantinopla.

Perseguidos pelos dois lados, as tribos turcas percebem a necessidade de se unir. Em 1198 nasce Ertugrul Bey, filho de Suleyman Shan, e que seria uma primeira grande força de união dos turcos, tornando-se o Margrave ( marquês) da fronteira Bizantina. O filho de Ertugrul, Osman Gazi, Comandante Osman, consegue unir sob a mesma bandeira todas as tribos turcas, fundando o Império Turco Otomano ( uma referência a seu nome).

Cada vez mais forte, dois séculos depois, em 1453, o Império Turco Otomano consegue tomar Constantinopla, transformando a cidade em Istambul.

O marco é tão importante, que é a divisão histórica entre a Era Medieval e a Era Moderna.

E muito do que somos hoje, devemos aos turcos, principalmente, nós, brasileiros, descendentes de portugueses, já que a Península Ibérica ( Portugal e Espanha) passaram 800 anos sob o domínio dos seguidores de Allah.

Mas, porque os turcos estão em evidência?

– A Série “Dirilis, o Grande Guerreiro Otomano” https://www.netflix.com/br/title/80127001, em exibição na Netflix https://www.netflix.com/br é um sucesso mundial, com Engin Altan https://www.instagram.com/enginaltandzytn/?hl=pt no papel título. Ela mostra como os turcos, de tribos isoladas e perseguidas, conseguiram se tornar uma potência mundial: o Império Turco Otomano. Na sequencia, vem Kurulus Osman, que ainda não chegou ao Brasil, mas deve entrar aqui pela Netflix https://en.wikipedia.org/wiki/Kurulu%C5%9F:_Osman

– Os galãs turcos andam ofuscando alguns nomes ocidentais:

Veja Cengiz Coşkun, que faz o Turgut Alp da Série Dirilis https://www.instagram.com/cengizcoskunnn/?hl=pt

Cengiz Coşkun , como Turgut Alp e seu machado
A beleza do homem turco em Cengiz

Elgin Altan, que interpreta Ertugrul. O ator é filho de turco com uma iuguslava e sua presença de cena e voz, além do jogo corporal em lutas são imperdíveis. https://www.instagram.com/enginaltandzytn/?hl=pt

Engin Altan impressiona com seu jogo corporal em cena
O lado humano e a simpatia dos turcos , com Engin Altan

Bamsy Beyrek Alp, o ator Nurettin Sönmez, que mescla humor e um coração de criança, num homem do tamanho de um urso.

Bamsi e suas duas espadas
Estilosos e cheios de atitude

O trio consegue sob a direção de Metin Günay, as melhores cenas de batalhas jamais vistas. Turgut e seu machado, que joga para o ar em rodopios e malabarismos de tirar o fôlego.

Ertugrul Bey e seu jogo corporal para desviar de flechas e facas, além de sua tradicional pirueta antes de executar os inimigos.

Bamsi Alp completa o trio, com sua luta singular, usando duas espadas, não deixando a menor chance para inimigos, com o cruzar das lâminas no ar https://www.instagram.com/nurettinsonmez/?hl=pt

Verdadeiro balé a sequencia de batalhas, uma aula de cinema de ação, para fazer inveja a qualquer diretor de Hollywood.

– O Chef Nurs-et, que ganhou adeptos entre celebridades do mundo inteiro, com sua famosa jogada de sal (também conhecido como Salt Bae) ao finalizar os pratos à mesa. Além disso, usa técnicas ancestrais do manuseios de adagas para cortar carnes nobres, atraindo vips do mundo inteiro e tendo tornado-se ele mesmo uma celebridade disputada. Nego do Borel https://www.instagram.com/negodoborel/?hl=pt-br, em férias por Dubai esteve em um de seus restaurantes. Veja mais em https://www.instagram.com/nusr_et/?hl=pt

Salt Bae em ação

– Os passeios de balão na Capadócia

Passeios de balão na Capadócia

– É a terra do super querido São Jorge Guerreiro

São Jorge era turco

– As joias em prata e pedrarias.

Colares turcos: a prata impera
Prata e pedras compõe as joias turcas

– A moda em couro, lembra o estilo ancestral dos turcos

Jaqueta em pele de cordeiro

– Os tecidos e mantas em teares manuais, tingidos com pigmentos naturais. Bolsas e roupas são um must have

Coloridos e marcantes: acessórios dão um up no visual

– O sorvete vendido em barracas, servido de um modo todo especial

Sorvete: a sobremesa turca mais famosa

– As tendas turcas, vem ganhando o gosto ocidental, substituindo ombrelones em áreas de lazer com muito mais charme

Charme na área de lazer

Blima Bracher #blimabracher

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários