Blima Bracher

Refrigerante de jabuticaba fabricado em Minas é novidade gastronômica

Refrigerante de jabuticaba é novidade gastronômica em Minas

Já está aberta a temporada das jabuticabas. Apesar de muito apreciada, a fruta nativa da Mata Atlântica é bastante sazonal e perecível. Sua temporada vai de outubro a dezembro e, na geladeira, as pretinhas costumam durar apenas um dia.

Para prolongar o sabor doce e irresistível, a Cervejaria Ouropretana, com sede em Cachoeira do Campo, criou o refrigerante da fruta. Com pouco açúcar e muito sabor na receita.

O refrigerante é artesanal e gaseificado no local. Tudo para aproveitar a produção nos vários “pés” de fruta, que proporcionam muita alegria para os responsáveis pela produção das cervejas. As frutinhas se adaptaram muito bem à Cachoeira do Campo, distrito de Ouro Preto, já famoso pela 27ª Edição da Festa da Jabuticaba.

Disponibilizado na Loja da Fábrica da Cervejaria Ouropretana (rua Benedito Valadares, 250 – Centro • Ouro Preto/MG), em um bico de chope exclusivamente dedicado a ela, a gasosa é leve, refrescante e um dos sucessos mais aguardados entre os amantes de jabuticaba.

O cervejeiro Leonardo Tropia conta que a produção do refrigerante de jabuticaba teve início nos primeiros anos da produção da cerveja. O “refri” agradou e tem sucesso garantido. Atualmente, estão disponibilizados 120 litros do refrigerante mais amado de Ouro Preto. Uma novidade com sabor de Minas Gerais.

Será que vem aí a cerveja de jabuticaba por aí?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.