Blima Bracher

Vale é alvo de protestos de moradores em distrito de Ouro Preto

Protesto de moradores de Antônio Pereira. Foto de reprodução

Moradores do distrito de Antônio Pereira, em Ouro Preto exibiram cartazes e fecharam a MG-129, na entrada da Vila. Eles pediram a remoção de 25 famílias que teriam sido cadastradas pela empresa como habitantes de área de risco em caso de rompimento da Barragem Doutor. Os moradores também reclamam da falta de comunicação com a Vale, exigindo uma assessoria para viabilizar o processo.

De acordo com comunicado da Vale, “das 144 famílias residentes da Zona de Autossalvamento (ZAS) da Barragem Doutor, 137 já foram realocadas, preventivamente, para moradias temporárias, escolhidas por elas próprias, em fevereiro de 2020, como medida de segurança para o início das obras de descaracterização da estrutura, e em agosto do mesmo ano, para ampliação da ZAS, cuja mancha de inundação revista passou a considerar a hipótese de 100% do carreamento de rejeitos. As outras sete já estão em processo de remoção.”

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.