Blima Bracher

Minas tem seu próprio “Caminho de São Tiago”

Ouro Preto faz parte do trajeto

Composto por 11 municípios, o projeto “Caminhos de São Tiago” busca o fortalecimento dos setores do turismo e cultura regionais pelas belezas patrimoniais e arquitetônicas, além da cultura religiosa, gastronômica e as ricas paisagens espalhadas por essas localidades. Tudo isso aliado à preservação ambiental e ao desenvolvimento econômico.

Os municípios que integram a rota Caminhos de São Tiago são Ouro Preto, Ouro Branco, Conselheiro Lafaiete, Queluzito, Casa Grande, Entre Rios de Minas, Lagoa Dourada, Resende Costa, Coronel Xavier Chaves, Ritápolis e São Tiago.

Para o prefeito Angelo Oswaldo, “o Caminho de São Tiago vai impulsionar o turismo na região de Santa Rita de Ouro Preto, que é o pólo receptivo de toda essa peregrinação que virá da cidade de São Tiago. É a capital do biscoito ligada à capital da pedra-sabão, atravessando diversos municípios de interesse turístico e cultural do centro de Minas Gerais”. Na ocasião, ele plantou uma muda de Ipê amarelo que será identificada com um marco de Ouro Preto.

Angelo Oswaldo recebeu a insígnia do projeto. Além do prefeito de OuroPreto, também estiveram presentes o vereador Zé do Binga, o secretário Municipal de Turismo, Rodrigo Câmara, a secretária Municipal de Cultura e Patrimônio, Margareth Monteiro, além de prefeitos, vereadores, autoridades e representantes de instituições de todo o Estado que contribuíram para a realização do projeto.

Sobre o projeto

Idealizado em 2007 pelo Dr. Elias de Lima, o projeto ganhou visibilidade após uma década, quando alguns prefeitos se reuniram, convidados pelo deputado Estadual Glaycon Franco, para formar o “Caminhos de São Tiago”, a partir de um roteiro turístico em que esses 11 municípios fariam parte. Partindo de Ouro Preto, o percurso se estende, em sua grande maioria, pelas áreas rurais dos municípios que podem ser percorridas a pé, de bicicleta, a cavalo ou de carro e tem como destino a cidade de São Tiago, também conhecida como terra do Café com Biscoito pelo grande número de fábricas de biscoito que desempenha importante papel na economia local.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bruno B

Não teriam mais informações sobre o roteiro? Um site ou blog?