Blima Bracher

Lives: jovens compartilham experiências no exterior

Dicas para estudar no exterior. Foto: reprodução

Se você tem vontade de estudar no exterior, comece a conectar-se com o mundo e descobrir as possibilidades e vantagens que o intercâmbio oferece. Uma boa dica é acompanhar as lives da AFS, a mais antiga organização de intercâmbio para jovens do mundo. No próximo dia 11 de maio, às 16h30, acontece uma live em que jovens irão contar sobre a experiência de estudar direito internacional na França. Chique, não?

Depois dessa live, a próxima será sobre “Destinos de língua inglesa”, no dia 25 de maio. Os palestrantes são ex-intercambistas, informa a coordenadora de suporte do AFS Intercultura Brasil, Pâmella Matos. “Os temas selecionados relacionam intercâmbio a carreiras e desenvolvimento escolar e acadêmico”, acrescenta.

De acordo com Pâmela, as lives têm duração de 40 a 60 minutos, com transmissão pelo Youtube. As inscrições podem ser feitas até o início das lives nos links citados abaixo.

Desde o ano passado, com a pandemia do coronavírus, o AFS desenvolve uma série de protocolos para garantir a segurança dos intercambistas e das pessoas que convivem com eles. Os estudantes, as famílias hospedeiras, os voluntários, as escolas parceiras e os colaboradores da ONG foram treinados para atender às normas sanitárias tanto do país de origem quanto dos de destino dos jovens.

Mesmo neste período atípico de pandemia, o AFS Intercultura Brasil continua em atividade. Atualmente, a organização tem 40 intercambistas brasileiros estudando em diversos países e 6 intercambistas estrangeiros no Brasil.

AFS Live Sessions

Dia 11/5, às 16h30

“Estudando direito internacional – uma experiência na França”

Inscrições no link https://afsbrasil.typeform.com/to/kes9avqI

“Destinos de língua inglesa”

Dia 25/5, às 18h30

Inscrições no link https://afsbrasil.typeform.com/to/nDkBZGms

Sobre o AFS

Com sede em Nova Iorque, presente em mais de 60 países e 105 anos de existência, o AFS, uma ONG sem fins lucrativos, está no Brasil desde 1956. Já enviou e recebeu mais de 14 mil intercambistas, em parceria com cerca de 400 escolas. Hoje, conta com quase mil voluntários que formam a rede de atuação em mais de 100 cidades do Brasil, onde possibilitam a realização de programas e desenvolvem as atividades que apoiam as experiências interculturais de todos os envolvidos.

O AFS é atualmente apoiado por 500 mil voluntários e 10 mil famílias hospedeiras ao redor do mundo. Em 2019, o AFS Intercultura Brasil, que faz parte da rede AFS Intercultural Programs, foi reconhecido com umas das 100 melhores ONGs pelo Instituto Doar e a Rede Filantropia (https://melhores.org.br/em2019/).

Texto e informações: MOMBAK COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA

Assessoria:

marli@mombakcomunicacao.com.br

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.