Blima Bracher

Karol Conká , Zé Ibarra, Mestrinho e Hamilton de Holanda no Sons do Brasil

Karol Conká, Hamilton de Holanda & Mestrinho, Zé Ibarra e outros nomes da MPB recheiam programação de agosto do Sons do Brasil

Palácio das Artes, MM Gerdau e Museu Boulieu recebem as atrações do mês

São muitos os sons que compõem a rica mistura sonora brasileira, e o desafio e a missão do Festival Já Raiou a Liberdade – Os Sons do Brasil é abraçar toda essa diversidade. Em julho, mais de 10 mil pessoas participaram das atrações em Belo Horizonte e Ouro Preto, com destaque para Chico César e BNegão. No mês de agosto, a programação abre as portas para os sons provenientes dos povos originários, da cultura afro-brasileira e dos ritmos regionais, como maracatu e as cirandas, além de diversas referências que a MPB abrange, como jazz, funk, rock, reggae e blues. De 10 a 22 de agosto, BH e Ouro Preto se conectam novamente nesta enriquecedora experiência musical.

Os Sons na Capital mineira

Em Belo Horizonte, os shows acontecem, gratuitamente, no Palácio das Artes – Teatro João Ceschiatti e no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes —, além do MM Gerdau. Extremamente famosas mundo afora, a programação do mês começa com uma batalha de Lip Sync na quinta-feira, 10, no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes com a participação especial de Karol Conká, potente voz que vibra nos versos “papo reto”. A rapper curitibana é considerada uma das principais referências do rap feminino brasileiro.

Na sexta-feira, 11, o Teatro João Ceschiatti Palácio das Artes recebe Déa Trancoso e Badi Assad. Mineira de raiz, Déa Trancoso apresenta seu trabalho autoral, guiada pela palavra falada, recitada e cantada, acompanhada de instrumentos ou à capela. Na ocasião divide o palco com Badi Assad, cantora paulistana de origem libanesa que também é violonista e compositora. 

Zé Ibarra também é destaque na programação de agosto. O cantor, compositor e multi-instrumentista, leva seus arranjos complexos para os palcos do MM Gerdau abrindo a programação do sábado, 12. 

A programação continua no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes com o encontro cheio de significado entre Kaê Guajajara, artista e ativista pelos direitos dos povos originários e a big band Nomade Orquestra, que mistura jazz, funk, rock, reggae, blues e música do mundo.

Já o Teatro João Ceschiatti Palácio das Artes recebe um dos melhores músicos pernambucanos, Sérgio Roberto Veloso de Oliveira, Siba, num mergulho nos ritmos regionais, da ciranda ao maracatu.

Na capital mineira, o sábado termina no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes com um encontro que é o retrato das raízes da Música Popular Brasileira, o multi-premiado improvisador e instrumentista Hamilton de Holanda com o Mestrinho, improvisador, sanfoneiro e cantor.

A terça-feira, 22, encerra a programação na capital mineira com a Série Sinfônica Pop, uma iniciativa da Fundação Clóvis Salgado em que artistas da MPB são convidados pela Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Desta vez, o grupo mineiro Cobra Coral, com Kadu Vianna, Mariana Nunes e Pedro Morais, além de Zé Ibarra, se reúnem para uma apresentação. 

Na histórica Vila Rica

Em Ouro Preto, o Festival Os Sons do Brasil acontece no Museu Boulieu, com entrada Solidária – 1kg de alimento não perecível ou agasalho. Entre quinta-feira, 10, e o domingo, 13, a instituição recebe parte da programação de Belo Horizonte, como a icônica Karol Conká, Déa Trancoso, Badi Assad, Hamilton de Holanda & Mestrinho, Nomade Orquestra com Kaê Guajajara e Siba. Além disso, terá nomes de peso como a cantora e compositora Glaw Nader, ressignificando a música afrobrasileira, Babadan Banda de Rua, com seus sopros e percussão ancorada no Congado, Candomblé e Bandas de Minas e o bandolinista Marcos Frederico. 

Destaque na programação de Ouro Preto especialmente voltada para as crianças, o Grupo Curupaco traz uma diversidade de temas lúdicos ligados ao universo infantil, com um repertório que valoriza a tradição cultural por meio do resgate de brincadeiras associadas a ritmos brasileiros.

O projeto Já Raiou a Liberdade – Os Sons do Brasil é uma realização da Bento Produção Cultural, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – PRONAC 211370 -, com o patrocínio master do Instituto Cultural Vale e patrocínio da Gerdau, Cedro Mineração e Ferro Puro Mineração (empresa do Grupo Avante), com correalização da Fundação Clóvis Salgado e parceria com o Museu Boulieu e MM Gerdau.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Belo Horizonte

10/08 (quinta-feira)

20h – Karol Conká

         Batalha Drag de Lip Sync – Grande Teatro Cemig Palácio das Artes

11/08 (sexta-feira)

20h – Déa Trancoso e Badi Assad – Teatro João Ceschiatti Palácio das Artes

12/08 (sábado)

15h – Zé Ibarra – MMGerdau

18h – Nomade Orquestra convida Kaê Guajajara – Grande Teatro Cemig Palácio das Artes

19h30 – Siba – Teatro João Ceschiatti Palácio das Artes

21h – Hamilton de Holanda & Mestrinho – Grande Teatro Cemig Palácio das Artes

22/08 (terça-feira)

20h30 – Sinfônica Pop convida Cobra Coral e Zé Ibarra – Grande Teatro Cemig Palácio das Artes

Ouro Preto | Museu Boulieu

10/08 (quinta-feira)

20h – Déa Trancoso e Badi Assad

11/08 (sexta-feira)

19h – Hamilton de Holanda & Mestrinho

21h – Nomade Orquestra convida Kaê Guajajara

23h – Karol Conka

12/08 (sábado)

20h – Glaw Nader

22h – Babadan Banda de Rua

13/08 (domingo)

11h – Grupo Curupaco e Zelúdico

18h – Marcos Frederico Trio

20h – Siba com ♦ Blimabracher http://@blimabracher 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments