Blima Bracher

Coronavírus: cancelada a Semana Santa de Ouro Preto e região

Semana Santa e Ouro Preto tem procissões adiadas e rituais serão transmitidos por tv e rádio. Foto Ane Souz

A Arquidiocese de Mariana, que abrange 79 municípios, incluindo Ouro Preto, publicou as orientações oficiais sobre as celebrações da Semana Santa. Para evitar a propagação do Coronavírus, a Arquidiocese determinou que as missas sejam celebradas nas paróquias, porém sem a presença dos fiéis, e a suspensão das celebrações públicas da Semana Santa, como procissões e quaisquer eventos que possam causar a aglomeração de pessoas neste período.

No dia 17 de março, a Arquidiocese de Mariana já havia se pronunciado em Comunicado Oficial suspendendo a presença dos fiéis nas missas cotidianas das paróquias e dando outras orientações sobre os Sacramentos da Igreja. Desta vez, o pronunciamento é especificamente sobre a Semana Santa, a maior celebração tradicional da fé dos católicos nas cidades da região, sobretudo em Ouro Preto, onde os ritos fazem parte da cultura local desde o século XVIII.

No Comunicado, Dom Airton José dos Santos, Arcebispo Metropolitano de Mariana, determina a suspensão das celebrações públicas da Semana Santa: “Ficam suspensos todos os atos externos típicos dessa época: procissões, atos devocionais, encenações e quaisquer eventos que possam causar aglomeração de pessoas”.

Sendo assim, a Semana Santa deverá ser celebrada em cada paróquia, sem a participação do povo. Os ritos Setenário das Dores de Nossa Senhora, Domingo de Ramos, e toda a Semana Santa, desde os ritos da Segunda-feira Santa até o Domingo de Páscoa serão celebrados internamente nas paróquias. Entretanto, os fiéis poderão acompanhar as celebrações de casa, pelos meios de comunicação. Algumas paróquias já estão tendo as missas transmitidas pelas estações de rádio, canais de TV e pelas redes sociais, como é o caso da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar, em Ouro Preto.

Ainda segundo o Comunicado Oficial, por ora, as procissões ficam transferidas para os dias 14 e 15 de setembro. “Aquelas expressões de piedade popular e as procissões que enriquecem os dias da Semana Santa ficam transferidas para os dias 14 de setembro (Festa da Exaltação da Santa Cruz) e 15 de setembro (Memória de Nossa Senhora das Dores)”.
Foto: Arquidiocese de Mariana suspende oficialmente as celebrações públicas da Semana Santa. Ane Souz
Superintendência de Atos, Chancelaria e Memória Departamento de Comunicação(31) 3559-3286

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários