Blima Bracher

Carlinhos Bracher é ovacionado no Cine Teatro Central em Juiz de Fora

Carlinhos, como é abordado nas ruas em sua terra natal, Juiz de Fora, fez um algo memorável. Como dizem que o bom filho a casa torna, Bracher não fugiu à  regra e mostrou que seus conterraneos estavam com saudades daquele filho do Castelinho dos Bracher, que escolheu morar em Ouro Preto.  Sua base de pintura fora toda erguida com os irmãos e tios e alunos da Escola Parreiras que frequentavam também o Castelinho dos Bracher.   Carlinhos, bem jovem se destacou e aos 24 anos ganhou o Prêmio de Viagem ao Estrangeira do Salão  Nacional de Belas Artes.  Foi pra Europa e morou  2 anos em Paris onde montou ateliê próximo  à  Notre Dame  tendo residido também em Monssaraz. Quando volta ao Brasil com a esposa, a pintura Fani Bracher  escolheu Ouro Preto  para  morar e  constituir família e sua carreira. Nesta Semana pintou na Rua Halfeld diante de alunos surdos e mudos e grande multidão um belo painel. Mas foi a noite no Cine-teatto Central que foi ovacionado, pintando o próprio Teatro que tem quase três mil lugares e foi construído por Rafael Arcebispo. Com o som da  Orquestra e coral Pro- Música, da qual são  membros seu irmão e cunhada, Paulinho Bracher e Stella Machado Bracher. Fotos e vídeo  de Polo  Bracher e Marluce Duarte.Assista ao vídeo.https://youtube.com/shorts/sNiSwJJKljs?feature=share   

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments