Blima Bracher

Três dicas imperdíveis para curtir o famoso Carnaval de Ouro Preto

Dica 1: Bloquinhos de rua
Tradicionalmente, o Carnaval de Ouro Preto se divide entre o Carnaval de Rua e o Carnaval Universitário. Para aqueles que gostam de ver a banda passar e andar atrás dos bloquinhos de rua, a cidade oferece opções variadas. Neste ano, estão confirmados 40 blocos, que irão desfilar pelas ruas de Ouro Preto. São blocos tradicionais, blocos novos e blocos que estão retornando às atividades após muitos anos, tem bloco para todo gosto! O povo ouro-pretano é bastante criativo e diverso, não economiza em fantasias, cantorias e batuques. Aqui vão alguns dos blocos mais tradicionais para você ficar de olho em 2024:
Bandalheira Folclórica Ouro-pretana: Descendo e subindo as ladeiras há 51 anos, a Bandalheira Folclórica Ouro-pretana é um dos blocos mais tradicionais e caricatos da cidade. O grupo faz a sua concentração na Rua Cônego Simões, também conhecida como Ponte Seca, no bairro Rosário. Vestidos de calça preta, camisa branca, um papel higiênico na cintura e um penico na cabeça, a Bandalheira desfila pelas ruas de Ouro Preto em passo rápido e contagiante, ao som de instrumentos desafinados. Só vendo pessoalmente para sentir a emoção!
Bloco Zé Pereira dos Lacaios: Agremiação carnavalesca mais antiga do Brasil, com 157 anos de história, o Zé Pereira Clube dos Lacaios é conhecido pela batucada simples, mas contagiante, além dos chamados catitões, bonecos de quase três metros de altura que representam personagens importantes da história cultural de Ouro Preto. O Zé Pereira também possui uma variação para crianças, o Zé Pereira Mirim é uma fofura! Os pequenos também se divertem e desfilam pelas ladeiras do Centro Histórico.
Bloco Charanga de Lata: Criado por funcionários aposentados da antiga fábrica de alumínio que tinha sede em Ouro Preto, o bloco Charanga de Lata também se destaca pela sua sonoridade característica produzida pelos instrumentos, confeccionados com latas pelos componentes do bloco, além do Gambá gigante e sorridente, que é o mascote do bloco.

Outros blocos também merecem destaque: o Balanço da Cobra, que completa 49 anos em 2024, Jesus é Bom a Beça, Bloco Liga pra Rádio, Bloco do Caixão, Bloco Diretoria, Sanatório Geral, Bloco Pirata, Gatas e Gatões, Bloco da Barra, Os Conspirados, Bloco do Mato e tantos outros que seguem fazendo a alegria das ruas de Ouro Preto.
Além dos blocos caricatos, a cidade também possui a tradição nos desfiles das Escolas de Samba. Para a festa deste ano, a Prefeitura de Ouro Preto fez um repasse antecipado de R$ 50 mil para cada Escola para a produção do material dos desfiles. Além dos R$ 450 mil para as Escolas de Samba, haverá uma premiação total de R$ 30 mil para os grandes vencedores dos desfiles. O primeiro colocado receberá R$ 15 mil, o segundo, R$ 10 mil, e o terceiro colocado R$ 5 mil. Os desfiles acontecem no domingo e na segunda-feira de Carnaval na Praça Tiradentes, que se transforma em um grande sambódromo.

Dica 2: Carnaval Universitário
Como uma cidade universitária, Ouro Preto também possui um carnaval organizado pelas entidades estudantis. O município possui muitas repúblicas, moradias estudantis, que organizam sua festança. Neste ano, a Liga dos Blocos irá trazer à cidade nomes da música nacional como Pedro Sampaio, Turma do Pagode, MC Cabelinho, Dennis DJ e muito mais. A Liga dos Blocos foi criada em 2005, pela união dos Blocos do Caixão, Cabrobró, da Praia e Chapado. Desde então, promove o carnaval no Espaço Folia, com atrações de renome nacional com pacotes fechados para pista e camarote. Além do Carnaval da Liga dos Blocos, as repúblicas federais como Partenon, Aquarius e Nau Sem Rumo também oferecem pacotes de festas para aqueles que não querem sair na rua.

Dica 3: Vilas e cachoeiras

Ouro Preto também possui opções para aqueles que querem fugir da folia e procuram um lugar mais tranquilo. O município é composto por 12 distritos e alguns subdistritos que possuem opções de pousadas, hotéis, restaurantes e são a cara do interior de Minas Gerais. O mais famoso deles, Lavras Novas, localizado a cerca de 19 km de Ouro Preto, é conhecido pela vila charmosa que possui. Tem ótimas opções de pousadas, cachoeiras, restaurantes, além do subdistrito da Chapada, que é um lugar com tranquilidade garantida. São Bartolomeu é um distrito muito conhecido como a terra dos doces artesanais, tradição que possui registro como Patrimônio Imaterial de Ouro Preto, desde 2008. Em nosso site você encontra com detalhes as informações sobre nossos distritos, opções de onde ficar, onde comer e os atrativos que cada um possui.

Não perca a oportunidade de vivenciar um carnaval histórico e se apaixonar por essas ladeiras, assim como Mário de Andrade e seus amigos. Ouro Preto te espera!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments