Blima Bracher

Prefeitura e membros do PT discutem Saneouro

Membros do Diretório ouropretano do Partidos dos Trabalhadores (PT) se reuniram na tarde do dia  (03) com representantes do Executivo municipal para tratar de questões referentes ao serviço de abastecimento de água e esgoto, ofertados pela concessionária Saneouro. ( texto da Agência Primaz)

A retirada da concessionária é uma pauta popular, construída por vários movimentos que visam o acesso universal à água, “com qualidade e com tarifa justa”, e que deve ser feita de forma responsável pelo executivo.

“O prefeito Angelo está muito decidido nesta questão jurídica, para não ter que fazer um decreto açodado e depois ser intimado pela justiça a voltar atrás. Portanto nós vamos dar a base e a sustentação, enquanto sociedade, não vamos esmorecer, ninguém vai parar a luta”, destacou Leleco.

Leleco também elogiou os estudos do Grupo de Trabalho, mas argumentou sobre a necessidade de posicionamento dos gestores da Saneouro sobre os investimentos feitos até o momento. “Outro ponto é que o GT [Grupo de Trabalho] que foi criado, ele apresentou uma proposta de que precisava de fazer ajustes, também para o gestor do contrato, ele trazer dados concretos de quanto essa empresa colocou, se colocou, onde colocou e isso é determinante para que uma ação cível pública também seja orquestrada pelos movimentos”, salientou o deputado.

A vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no segundo turno da eleição deste domingo (30) também foi analisada. De acordo com o deputado estadual, a êxito de Lula traz a temática de saneamento para a pauta do debate nacional. “Por isso, a eleição do presidente Lula, à luz do saneamento, nessa perspectiva de que todos tenham direito a água de qualidade, que tenham tratamento da água e saneamento ambiental, é uma perspectiva de retomada do crescimento, do desenvolvimento e da justiça no Brasil”, salientou.

Apesar do sucesso na eleição, Pimentel fala sobre a importância dos movimentos sociais para a resolução do problema. “Tem aí diversos movimentos que estão se somando, mas nós temos casos de reversão desta concessão. Eu digo privatização, que vão dando luz também para a tomada de decisão mais rápida”. O membro do PT ainda faz um chamado à população: “A gente não vai deixar ninguém parado, ninguém tem aqui condições de ficar na zona de conforto. Nós vamos cutucar todo mundo. Aliás, quem não está incomodado com a Saneouro, está acomodado de alguma forma e não está do nosso lado”. Com http://@agenciaprimaz

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments