Blima Bracher

Ouro Preto: valorizando pessoas para um turismo vivo

Imagem: Juliana Rodrigues

Ao som da Orquestra Jovem de Ouro Preto, uma cerimônia foi realizada na sexta-feira, 2 de maio, marcando a retomada da parceria entre o “Projeto Conviver – Valorização e capacitação de pessoas para o turismo vivo” (DETUR/UFOP) e a Prefeitura de Ouro Preto, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, e os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

A parceria tem o objetivo de incentivar a apropriação e o sentimento de pertencimento dos moradores de Ouro Preto aos espaços culturais, históricos e artísticos por meio de atividades como, por exemplo, visitas guiadas aos museus e outros espaços no segundo semestre de 2023.

A cerimônia contou com a apresentação da coordenadora pedagógica do Museu Boulieu, Nathália Resende Santos, que falou sobre as contribuições do museu para a comunidade ouro-pretana, entre elas, o Clube Boulieu, destinado ao público infantil, com oficinas, atividades teatrais e musicais que acontecem sempre no terceiro sábado do mês. Em seguida, houve a explanação da diretora e do turismólogo da Diretoria de Economia Criativa e Solidária, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Suzana Fernandes de Paula e Luiz Viana.

“As instituições também precisam da participação das pessoas, pois, se os moradores de Ouro Preto não participam, os programas acabam e as pessoas perdem a oportunidade de conhecer coisas boas. Precisamos mudar essa mentalidade, a cidade também é nossa e precisamos nos apropriar dessas programações”, ressalta a historiadora Cláudia do Espírito Santo.

Além desses, estiveram presentes a coordenadora do Projeto Conviver e professora (DETUR/UFOP), Kerley dos Santos Alves, a diretora da Proteção Social Básica da Secretaria de Desenvolvimento Social, Rigeli Mapa, a coordenadora da Vigilância Socioassistencial de Ouro Preto, Cláudia Martinha, o psicólogo Ebert Moura Bretas, e demais parceiros e incentivadores da causa.

A cerimônia foi encerrada com mais uma belíssima apresentação da Orquestra Jovem de Ouro Preto.

Texto: Juliana Rodrigues / Revisão: Victor Stutz

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments