Blima Bracher

Ouro Preto: restauro na Matriz de N.S. Conceição

Apadrinhe uma imagem sacra em Ouro Preto

Uma cerimônia marcou o início do restauro das 23 imagens sacras do Santuário de Nossa Senhora da Conceição, no bairro Antônio Dias, por meio da campanha “Apadrinhe uma Imagem”, criada pelo pároco e reitor do Santuário, Edmar José da Silva.

Envolver as pessoas nesse processo de preservação da arte, cultura, história e patrimônio religioso ouro-pretano foi o que inspirou o idealizador da campanha. “A ideia é exatamente devolver o Santuário restaurado para a comunidade, mas também as imagens que compõem esse ambiente religioso do Santuário”, afirma padre Edmar.

Oficialmente lançada no dia (6), a campanha já conta com 18 famílias que apadrinham imagens e 230 que contribuem por meio de carnês. Os envolvidos poderão acompanhar o processo dos trabalhos que, ao final, serão recolocados aos locais de origem mediante cerimônia, prevista para dezembro deste ano.

Na oportunidade, o prefeito parabenizou a iniciativa e ressaltou: “eu não escolhi uma imagem, escolhi a campanha. Queria me integrar nela porque achei uma iniciativa não só benemérita, mas também exemplar, porque é uma maneira a ser seguida para outros restauros que nós devemos empreender. Parabéns, Padre Edmar”. Também a secretária de Cultura e Patrimônio, Margareth Monteiro, deixou registrada toda a satisfação pela iniciativa dos trabalhos. “O que estamos fazendo aqui é preservando a nossa memória, nossa identidade como povo religioso, como a primeira cidade brasileira a ser elevada a patrimônio mundial. Estamos à disposição para ajudar e acompanhar essas ações que são exemplo para todos nós”, conclui.

A madrinha Márcia Gomes de Oliveira dá detalhes da preferência pela imagem escolhida. “Eu escolhi essa imagem porque ela me traz uma paz muito grande. Eu fui criada rezando o terço e invocando a Nossa Senhora da Boa Morte, com meus avós. Quando mudei para Ouro Preto, eu fiquei conhecendo a imagem e quando o padre falou que ia restaurar, eu falei: ela é minha”.

O restaurador Gilson Felipe Ribeiro, responsável pela recomposição da igreja e das imagens sacras, fala que é um orgulho estar participando desses trabalhos. “No caso do Santuário de Nossa Senhora da Conceição do Antônio Dias, eu acho que é um dos trabalhos mais importantes sofridos pela igreja e veio esse brinde maravilhoso, que é a ideia de fazer o restauro das imagens. Acredito que as imagens ficarão magníficas”.

Já o coordenador da unidade do Iphan em Ouro Preto e apoiador do projeto, André Macieira, explica que “o Iphan incentiva e apoia a iniciativa, por meio da participação das etapas de elaboração do projeto, análise e definição das técnicas. A gente também vai participar do acompanhamento e da fiscalização para que as obras aconteçam da maneira técnica e adequada”.

Com previsão de entrega dos trabalhos para dezembro deste ano, em concomitância com o restauro do Santuário, a cerimônia também contou com a presença Dom Barroso, Bispo Emérito de Oliveira, parte significante da história da paróquia do Antônio Dias, dentre outros representantes da comunidade.

Para mais informações entre em contato pelo telefone: (31) 3551-3282 ou pelo e-mail: santuarioarqnsc@yahoo.com.br

Fotos: Ane SouzSuperintendência de Atos, Chancelaria e MemóriaDepartamento de Comunicação

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.