Blima Bracher

Ouro Preto recebe prêmio intrrnaciomal

Com uma ação conjunta da Prefeitura de Ouro Preto com o Governo do Estado e a Invest Minas, a empresa ACTECH, empresa do grupo Terrabel recém-instalada no Município, recebeu em setembro deste ano um prêmio da International Economic Development Council (IEDC) pela aquisição da antiga Hindalco. A conquista se deu pela manutenção dos 600 empregos que a empresa garantiu ao assumir a fábrica que seria fechada pela matriz indiana.

Sobre essa transição bem-sucedida, o prefeito Angelo Oswaldo comentou: “Uma empresa que estava em crise foi adquirida por outra que, em pouco tempo, reestabeleceu a normalidade dos trabalhos sem nenhum trauma e ainda trazendo mais empregos. Também firmamos um convênio entre a ACETCH e a Prefeitura de Ouro Preto, por meio da Secretaria de Educação, para que as nossas escolas ligadas ao entorno da fábrica, em Saramenha, tenham o apoio direto da empresa em vários programas de grande relevância para a população escolar”.

Felipe Guerra, secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia, também parabenizou a ACETCH pela aquisição e pelo êxito na manutenção das atividades: “Em um momento de pandemia, com a economia mundial estagnada, garantir esses empregos foi uma ação importantíssima. E não só por isso, vimos nos gráficos que a empresa já ampliou o quadro de funcionários em 30 novos postos. Parabenizo e agradeço a ACTECH por ter assumido essa missão e por dar preferência para a mão de obra ouro-pretana e a toda ação da Prefeitura de Ouro Preto e do Governo do Estado, por meio da Invest Minas”.

Maurício Gontijo, CEO da Terrabel Empreendimentos, destacou a evolução da empresa nesses primeiros meses de atividades: “É com muita satisfação que nos reunimos, sete meses após termos assumido essa planta, para poder apresentar tantos feitos da nossa aproximação com a sociedade, com o Estado e com o Município. Estamos muito felizes pelo que já conquistamos até o momento e pelo caminho que estamos trilhando. Que os próximos meses sejam tão gratificantes quanto os sete anteriores”.

Em 2021, a matriz indiana anunciou o fechamento da planta, o que resultaria na demissão de 600 trabalhadores e na queda da arrecadação municipal. Buscando evitar o impacto social e financeiro na cidade, numa ação conjunta da Invest Minas, Governo do Estado e Prefeitura de Ouro Preto, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, foi possível encontrar a Terrabel, empresa que adquiriu a planta e manteve tanto as atividades da fábrica quanto os empregos. Ainda no poder público, o processo contou com a parceria da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemg).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Em Ouro Preto
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments