Blima Bracher

Ouro Preto: liminar contra corte de luz pública

Iluminação pública em Ouro Preto

👉🏻Prefeitura de Ouro Preto consegue liminar contra a CEMIG.

💡Dívida cobrada é de R$ 11 milhões do extinto SEMAE e impedia a execução de novos serviços para o Município.

👉🏻A extinção do SEMAE gerou diversos problemas para a cidade e um deles foi a dívida cobrada no importe de R$ 11 milhões de reais pela inadimplência de pagamento das faturas de energia elétrica da CEMIG por parte da gestão da autarquia no período de dezembro de 2018 a dezembro de 2019.

💰O débito se acumulou ao longo de 12 meses e a empresa ajuizou uma ação de cobrança contra o SEMAE, antes de sua extinção e, posteriormente, o Município assumiu o passivo judicial e financeiro, ocasionando no bloqueio da matrícula municipal.

👇🏼Veja nas nossas redes sociais:

https://www.instagram.com/p/COTIUyXAV1H/?igshid=1wybucm13nxzv

https://www.facebook.com/305254979542224/posts/4584018981665781/?d=n

👇🏼Leia a matéria:

Prefeitura de Ouro Preto consegue liminar contra a CEMIG

https://www.ouropreto.mg.gov.br/noticia/1948

ASCOM Prefeitura de Ouro Preto

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments