Blima Bracher

Ouro Preto: “A Fé que canta e dança”

Programação O Reinado de Nossa Senhora do Rosário, Santa Efigênia e São Benedito é uma bela manifestação cultural e religiosa movida pela fé e alegria, tradição de descendência negra em Ouro Preto. A festa encanta a todos que passam pelas ladeiras ouro-pretanas. O festejo acontece de 6 a 14 de janeiro.
A programação do Reinado conta com várias atividades, como missas, palestras, shows, com alguns destaques: show “Senhora Negra Aparecida”, com a cantora Silvia Gomes, na Casa da Ópera, no dia 10 de janeiro, às 20h; além disso, os dias mais festivos serão os domingos, dia 7, quando acontece a abertura das festividades com a benção ao Reinado nas Escadarias da matriz de Santa Efigênia, e dia 14, o grande dia festivo, com o encerramento do evento, que contará com a recepção em Ouro Preto várias Guardas de Congo convidadas.
Serão 25 Guardas de Congo ou Congado que desfilarão pelas ladeiras históricas, trajando vestimentas coloridas, cada uma carregando sua bandeira, de acordo com o seu santo de devoção. As Guardas convidadas são de várias cidades de Minas: Conselheiro Lafaiete, Congonhas, Coronel Fabriciano, Rio Piracicaba, Barbacena, João Monlevade, Belo Vale, Betim, Vargem Sant’Ana ( Belo Vale), São Domingos das Dores, Igarapé, entre outras.
Kedison Guimarães, Capitão da Guarda de Moçambique, Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia e diretor de Promoção da Igualdade Racial de Ouro Preto comentou sobre a relevância dessa tradição. “O Reinado, que é patrimônio imaterial de Ouro Preto, fortalece a memória e a fé ancestral deixada pelos nossos antepassados, vem para abençoar e mostrar a importância do patrimônio afro-cultural-religioso em nosso município”, disse o Capitão. A festa do Reinado é uma realização da Associação Amigos do Reinado de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia, Paróquia de Santa Efigênia, da Guarda de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia e Guarda de Congo de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ouro Preto e tem patrocínio do Fundo de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de Ouro Preto – FUNPATRI.
Sobre a origem da Festa do Reinado
Segundo a tradição oral, ainda no século XVIII, depois de alforriado, Chico Rei, que havia sido rei no Congo antes de ser vendido como escravizado, conseguiu alforriar seu filho e outros membros da nação, organizando-os em torno da Irmandade do Rosário e de Santa Efigênia.
No dia de Reis, 6 de janeiro, Chico Rei e sua família foram conduzidos em um grande Cortejo festivo pela irmandade e coroados na capela de Santa Efigênia. Após a coroação, ele e sua família desfilaram pelas ruas de Vila Rica, embaixo de um pálio e escoltados por uma guarda de moçambicanos. Foi assim criada a Festa do Reinado em Ouro Preto, posteriormente sendo reproduzida em várias cidades de Minas Gerais. Em 2019 é decretado o registro do ofício de Reinado de Nossa Senhora de Rosário e Santa Efigênia como Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Ouro Preto. Um momento histórico para a cidade, para os congadeiros e para os devotos de Nossa Senhora do Rosário, Santa Efigênia e São Benedito. Texto: Greiza Tavares/Revisão: Patrick de Araújo

Confira aqui a programação completa da “Fé que canta e dança” e não perca essa linda festa https://ouropreto.mg.gov.br/turismo/evento/533

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments