Blima Bracher

Os meninos voadores de Ouro Preto

Trampolim é orgulho de Ouro Preto

O projeto Instituto Trampolim rendeu muitos prêmios à cidade e foi destaque no Globo Esporte. Por isso, a Prefeitura de Ouro Preto assinou um contrato de parceria com repasse de 249 mil reais. O recurso municipal vai auxiliar na manutenção do projeto que atende menores carentes de Ouro Preto através da modalidade esportiva ginástica de trampolim.

“Hoje os jovens já estão se apresentando com êxito, ganhando muitos prêmios nacionais e internacionais. O instituto trampolim realiza um trabalho exemplar e por isso conta com o apoio da Prefeitura de Ouro Preto”, diz o prefeito Angelo Oswaldo.

A professora Ana Luiza Luiz tinha 8 anos quando começou na ginástica de trampolim no Instituto. Ela apaixonou-se pelo esporte e se formou para se tornar professora dos novos atletas do projeto. Como atleta, participou de três campeonatos mundiais, dois pan-americanos e possui nove títulos nacionais. “Tive experiências maravilhosas e vivências incríveis como aluna de ginástica de trampolim, o projeto me proporcionou conhecer países, outras culturas e diversas coisas que eu não teria oportunidade. A ginástica vai muito além de formar um atleta, um campeão mundial, aprendi valores, princípios e responsabilidade, permaneci até os 20 anos”, comenta Ana Luiza.

O Instituto Trampolim, criado em 2016, é uma entidade sem fins lucrativos, que conta com a ajuda da Prefeitura de Ouro Preto e desenvolve um projeto de ginástica de trampolim e suas atividades em um galpão situado à rua Desidério de Matos, no Caminho da Fábrica. O Instituto atende por volta de 150 crianças no galpão do Caminho da Fábrica e 80 em parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto.

Foto: Ane Souz

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments