Blima Bracher

Oiro Preto recebe selo de cidade amiga do Audiovisual


Na foto: Gustavo Leite; Patrick de Araújo; Flavia Moreira; Margareth Monteiro; Leônidas Oliveira; e Gustavo Mendicino
Imagem: autoria da foto: Léo Bicalho/ Secult

Durante a tarde de terça-feira, dia 28, Ouro Preto recebeu o Selo Cidade Amiga do Audiovisual, certificação dada pelo Governo do Estado de Minas Gerais, através da Empresa Mineira de Comunicação, é uma demonstração para o mercado de que a cidade deseja receber e incentivar a indústria cinematográfica. A cerimônia de entrega aconteceu durante o 4° Encontro de Gestores Municipais de Cultura e Turismo e Circuitos Turísticos de Minas Gerais, no Palácio das Artes em Belo Horizonte. Ouro Preto foi representada no evento pela equipe da Secretaria de Cultura e Turismo, e de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia da Prefeitura de Ouro Preto.

A Secretaria Adjunta de Cultura, Margareth Monteiro, que esteve presente durante a cerimonia de entrega do Selo, destaca a importância da certificação para Ouro Preto. “Ouro Preto é uma cidade que já recebeu mais de 20 longas-metragens, a nossa paisagem urbana e a nossa paisagem natural já foram cenários de grandes produções cinematográficas. É muito importante para Ouro Preto receber esse selo, como uma das primeiras cidades da Região dos Inconfidentes e acima de qualquer coisa, possibilitar o acesso a recursos de iniciativa privada a editais de fomento e o incentivo a economia criativa”, destacou a Secretária.

O Selo Cidade Amiga do Audiovisual foi entregue pelo Governo de Minas Gerais, através da Empresa Mineira de Comunicação (EMC), a 100 municípios mineiros que participaram do programa de capacitação “Cidade de Cinema”, que trabalha com o desenvolvimento de políticas públicas para o audiovisual e o fortalecimento do setor. Os servidores da Secretaria de Cultura e Turismo participaram da capacitação representando o município. Além da certificação, o Programa Cidade de Cinema também deu auxilio a criação da “Ouro Preto Film Commission”, comissão criada pela Prefeitura de Ouro Preto para o desenvolvimento da indústria cinematográfica na cidade, o projeto é coordenado em conjunto pelas Secretarias de Cultura e Turismo e Desenvolvimento, Econômico, Inovação e Tecnologia. Ouro Preto é a primeira cidade da região dos inconfidentes a conseguir a certificação e a criar um comitê de trabalho específico para o setor audiovisual.

Flávio Malta, Secretário de Cultura e Turismo de Ouro Preto, ressalta a expectativa com o trabalho da Ouro Preto Film Commission para o município. “Foi com grande entusiasmo que recebemos o Selo Cidade Amiga do Audiovisual. A Ouro Preto Film Commission vai fomentar ainda mais a participação do nosso cenário, do nosso patrimônio, com as diretrizes do cinema brasileiro, do audiovisual, da mídia televisiva, além de aproximar os produtores e trabalhadores do setor com as grandes produtoras do mercado”, disse o secretário.

Incentivo à indústria audiovisual e de games em Ouro Preto

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia, Felipe Guerra, evidenciou o diferencial de Ouro Preto ao criar um grupo de trabalho com o objetivo de fomentar a indústria cinematográfica, mas também o mercado de games que já se desenvolve na cidade. “Durante o festival de cinema do ano passado, o CineOP, Ouro Preto assinou a criação da Ouro Preto Film Commission, o grande diferencial dessa comissão, é que nós inserimos também os games, que é também uma grande indústria em desenvolvimento. Ficamos muito satisfeitos em receber o Selo Cidade Amiga do Audiovisual que demostra que Ouro Preto está se organizando para que a gente tenha o fomento das atividades de audiovisual e de games na nossa cidade”, afirmou o secretário.

Ouro Preto Film Commission é formada por onze membros, cada um com seu respectivo suplente, sendo composta por representantes da administração municipal, como a Secretaria de Cultura e Turismo e Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia; representantes das instituições de ensino da cidade, do trade turístico e representantes das produtoras de vídeo independentes instaladas no Município.

O grupo tem a missão de ser a autoridade fílmica local. O objetivo é que os trabalhos da comissão consigam fomentar a produção audiovisual no município, trazendo mais produções para a cidade, capacitação de profissionais e geração de empregos. A cadeia produtiva de atividades audiovisuais é longa e movimenta toda a economia da região escolhida para locação. A Prefeitura vê nas produções audiovisuais uma grande oportunidade para a diversificação econômica do município, o mercado de produção de games também se alimenta de toda a cadeia de produção cinematográfica, além de desenvolvimento de novas tecnologias.

Leia na íntegra o Documento que cria a Ouro Preto Film Commission: https://ouropreto.mg.gov.br/transparencia/diario-publicacoes/2985.

Texto: Patrick de Araújo / Revisão: Victor Stutz 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments