Blima Bracher

Medidas preventivas para o período de chuvas em Ouro Preto


Imagem: Peterson Bruschi

O Plano Municipal de Redução de Risco de Ouro Preto (PMRR) foi apresentado e entregue ontem, 7 de agosto, à administração municipal. Os estudos foram iniciados em 2020 e desenvolvidos pelo Ministério de Desenvolvimento Regional e a Universidade Federal de Viçosa (UFV), em parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e a Defesa Civil Municipal e Nacional.
As análises têm o objetivo de apontar os riscos causados por desastres naturais como deslizamentos, enxurradas e inundações, bem como minimizá-los e evitar o aparecimento de novas áreas.
Visa ainda orientar o Município na execução de ações para a prevenção dos riscos, proporcionando melhores condições de vida à população e uma convivência consciente com o risco onde não há como eliminá-lo.
De acordo com o secretário de Segurança e Trânsito, Juscelino Gonçalves, “o plano traz a classificação dos riscos em Ouro Preto e apresenta alternativas de intervenções estruturais e não estruturais ao Poder Público, para minimizar os riscos nas encostas de Ouro Preto”.
Os trabalhos, que foram apresentados pelo coordenador técnico do PMRR, Leonardo Andrade de Souza, apontaram 184 setores de risco com classificações que variam de médio a muito alto.
O evento também contou com a presença do coordenador da Defesa Civil Municipal, Nery Moutinho, de agentes de Defesa Civil Municipal, dos professores Frederico Sobreira e Cesar Barella, da UFOP, e de alunos que também contribuíram para os estudos. Secretários municipais, representantes do Corpo de Bombeiros, o presidente da Câmara Municipal de Ouro Preto, Zé do Binga, e demais interessados estiveram presentes.

Texto: Vanência Magela / Revisão: Victor Stutz   com http://blimabracher

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments