Blima Bracher

Gastronomia, história e arte: sua mãe merece um passeio a Ouro Preto

Imagem: Peterson Bruschi

Um passeio em Ouro Preto, a cerca de 100 km de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, é um presente exclusivo que se pode oferecer a uma mãe no final de semana de 14 de maio. A viagem pela BR 356, em todo o percurso, enche os olhos do viajante com um belo cenário de montanhas e paisagens.

Logo que se chega à cidade, a arquitetura das casas com varandas e janelas enormes, encantam o turista. As pedras das calçadas, o povo e os estudantes, que parecem levar a vida sem pressa, recebem o visitante numa naturalidade que o permite se sentir em casa. As opções de passeios são inúmeras.

Entre os lugares que você poderá visitar estão dezoito igrejas, doze museus, além da Feira de Artesanato em Pedra Sabão, no centro histórico da cidade, e inúmeros cafés, restaurantes, bares e lojas.

A dica para aproveitar ao máximo a viagem é começar o passeio com a sua mãe pela Praça Tiradentes, no centro da cidade, onde você poderá ver e visitar prédios históricos com mais de 250 anos e o imponente Museu da Inconfidência.

Arte e Religiosidade

E se sua mãe é apreciadora da arte sacra ou tem interesse em conhecer as manifestações artísticas religiosas, leve-a ao Museu do Oratório, localizado no anexo da Igreja do Carmo, onde está instalado um rico acervo de oratórios, estatuetas religiosas, altares intrincados e santuários que datam dos séculos XVII e XX.

Também próximo da Praça Tiradentes, conheça a Igreja de São Francisco de Assis, construída em 1766. Um dos marcos arquitetônicos da cidade com obras de Aleijadinho.

Depois de conhecer a Igreja de São Francisco de Assis, vale dar uma volta na Feira de Artesanato, conhecida como Feirinha de Pedra Sabão, que fica no Largo Coimbra. No espaço, além das peças decorativas, têm pedra sabão, pedras preciosas, joias, colares, brincos, pulseiras, entre outras peças.

Em frente à Feirinha, tem a casa do poeta inconfidente Tomás Antônio Gonzaga. Quem visita a casa, não pode perder a oportunidade de ir até o jardim que fica no fundo do imóvel para conferir uma bela vista para o bairro Antônio Dias.

Ainda no centro histórico, tem a Basílica Nossa Senhora do Pilar. É a segunda Igreja com mais ouro do Brasil. No subsolo tem o Museu de Arte Sacra que reúne imagens, documentos e algumas das vestimentas usadas na celebração do Santíssimo Sacramento.

E se sua mãe se sentir cansada, tem a opção imperdível de passeio pelos principais pontos turísticos dentro das Jardineiras. Da janela deste transporte, ela terá uma vista panorâmica de prédios e locais históricos.

Distritos de Ouro Preto: ecoturismo e gastronomia

Convidamos você para que fique por mais de um dia em Ouro Preto, aproveite para levar a mamãe para conhecer pelo menos um dos 12 distritos. Todos têm história e peculiaridades que encantam a alma do visitante.

Se a sua mãe é adepta à tranquilidade, quer descanso em um espaço mineiro cercado de histórias e de um meio ambiente saudável, você tem a opção de levá-la ao distrito de Glaura, conhecido também como Casa Branca, a 31 km de Ouro Preto. Nesse lugarejo, pode-se fazer um turismo rural bem no estilo camponês. Em Glaura, um dos mais antigos distritos de Vila Rica, há pousadas e fazendas. A região se destaca com suas produções de doces caseiros, como de leite e compota. Há também uma produção gastronômica variada e produtos artesanais feitos com materiais como a taquara, o couro, as linhas e lãs.

Mas se sua mãe gostar de um passeio de aventuras, pode levá-la para conhecer o distrito de Lavras Novas, a cerca de 19 Km de Ouro Preto. Lavras Novas encanta quem sonha e quer viver momentos saudáveis diante de um meio ambiente acolhedor, com muito lazer em trilhas e montanhas, boa hospedagem e comida boa. Pelas trilhas, encontram-se belas cachoeiras, pode-se fazer passeios a cavalo e de quadriciclo.

E se a sua mamãe é do tipo que aprecia doces, não deixe de levá-la para visitar São Bartolomeu, a 18 km de Ouro Preto, conhecida como a terra dos doces artesanais. No lugarejo, pode-se encontrar doces de frutas, como a famosa goiabada cascão, patrimônio imaterial de Ouro Preto. As belezas naturais de São Bartolomeu também se destacam. O visitante pode fazer passeios pelas trilhas e cachoeiras que ficam na região.

Se precisar de mais destalhes sobre os pontos turísticos, você pode acessar o site da Secretaria Municipal de Cultura https://ouropreto.mg.gov.br/turismo/distritos,

No mais, é boa viagem. E um feliz dia das mãe!

Texto: Názia Pereira / Revisão: Nízea Coelho

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments