Blima Bracher

Defesa civil participa de capacitação contra riscos

Uma parceria firmada pela Prefeitura, por intermédio da Defesa Civil Municipal, com o Governo Federal, a Universidade Federal de O uro Preto (UFOP) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) proporcionou às equipes da Defesa Civil de Ouro Preto e região um curso de capacitação em Mapeamento e Gestão de Riscos Geológicos e Hidrológicos.

O curso, realizado de 13 a 16 de março, abordou o Plano Municipal de Redução de Riscos de Ouro Preto (PMRR) e envolveu também as Defesas Civis de Barão de Cocais, Coronel Fabriciano, Itabirito, Nova Lima e São Gonçalo do Rio Abaixo.

De acordo com o secretário de Defesa Social, Juscelino Gonçalves, o evento é de extrema importância para Ouro Preto, pois oferece condições para que os agentes ampliem o potencial de análise e interpretação dos riscos apontados no PMRR: “A capacitação permite que os agentes possam perceber áreas que já foram delimitadas e, na prática, compreender quais são os riscos apontados”. Juscelino destacou ainda que o PMRR dará suporte para a realização de políticas públicas de redução de risco e para as respostas às situações de riscos geológicos e hidrológicos de Ouro Preto.

Além das palestras ministradas por Frederico Sobreira e César Barela (UFOP); Leonardo Souza e Eduardo Marques (UFV) e Cristina Simão (IFMG), houve também um trabalho de campo que proporcionou a aplicação das informações geradas no Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR) em Plano Preventivo de Defesa Civil e Planos de Contingência.

Para a agente de Defesa Civil, Andréia Bonifácio de Almeida, que está há menos de um ano atuando no setor, o curso mudou totalmente sua visão sobre riscos por mostrar parâmetros de análise: “Antigamente, eu chegava numa área e, para mim, era uma área de risco. Com esse curso, eu pude perceber que tenho vários pontos para analisar antes de tirar alguém de casa, o que é uma situação muito difícil. Também tive uma visão geral sobre rochas, um assunto que eu não conhecia. Foi excelente e espero que tenham outros”.

O curso, realizado no Departamento de Geologia (Degeo/UFOP), contou com 42 inscritos, incluindo representantes das secretarias de Meio Ambiente, de Desenvolvimento Urbano e Habitação, estudantes da UFOP e representantes da sociedade civil.

O assunto abordado (PMRR) é a principal ferramenta que permite ao Governo Municipal buscar, junto ao Governo Federal, recursos para o Ouro Preto.

Texto: Vanência Magela / Revisão: Victor Stutz

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio Taciano dos Santos Junior

Excelente notícia.