Blima Bracher

Antiga Estação Ferroviária de Ouro Preto será restaurada

Em evento realizado no auditório da Prefeitura de Ouro Preto, foi assinada a Ordem de Serviço para a  reforma da histórica Estação Chrockatt de Sá. Esta iniciativa representa um marco significativo na preservação do patrimônio histórico e cultural da região

A reforma da Estação Chrockatt de Sá, também conhecida como Estação de Bocaina, é um projeto que promete reviver o esplendor de 1897. Este marco da história ferroviária brasileira será restaurado com todo o seu esplendor arquitetônico, preservando seu valor cultural.

Os recursos para esta empreitada são provenientes de medida compensatória ambiental destinada pelo Ministério Público, e serão monitorados pela Plataforma Semente, que está mantendo um olhar vigilante, assegurando que cada detalhe seja meticulosamente executado.

O Prefeito Angelo Oswaldo, em suas palavras, enfatizou a relevância da Estação Chrockatt de Sá: “Esta estação é muito representativa das estações do começo do século passado. É uma parte fundamental de nossa história e cultura, e estamos empenhados em preservar sua memória para as futuras gerações.”

A Secretária Municipal de Cultura, Margareth Monteiro, compartilhou seu entusiasmo pelo projeto: “Nós visitamos a Estação e toda área em torno, é um lugar lindíssimo. Nós estamos acompanhando esse trabalho há muito tempo, nós temos que agradecer e  parabenizar essa iniciativa.”

A Vice-prefeita Regina Braga expressou seu entusiasmo, destacando a importância de Chrockatt de Sá: “Essa região é uma região que contribui muito para Ouro Preto, onde a extração mineral impacta mu0ito e fico muito feliz com o apoio do Ministério Público. Agradecemos a iniciativa do projeto, que ficou lindo e volto a dizer, Chrockatt que já é lindo, vai ficar maravilhoso.”

A obra está programada para ser concluída em 7 meses, com o projeto do escritório de arquitetura e engenharia Urbi. Além da restauração da Estação Chrockatt de Sá, um projeto adicional de destaque foi apresentado – uma área de eventos, uma praça que complementará o local, proporcionando um espaço público para entretenimento, lazer e cultura.

Esta restauração não apenas resgatará um tesouro histórico, mas também impulsionará o desenvolvimento econômico e cultural da região, garantindo que a rica herança ferroviária de Ouro Preto continue a inspirar e encantar as futuras gerações. Foto Ane Souz e texto Ascom. Com http://@blimabracher

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments