Blima Bracher

Carlos Bracher doa painel tríptico e lança bases para Pinacoteca de Minas Gerais

Em cerimônia na sede do IEPHA MG, na Praça da Liberdade em Belo Horizonte Carlos Bracher, doou três telas de grandes proporções ao povo mineiro. Desta forma, o artista mineiro lança as bases para a criação da Pinacoteca de Minas Gerais. O coquetel, restrito aos membros das entidades envolvidas, contou com as presenças do Secretário de Estado da Cultura, Leônidas Oliveira; da Diretora de Comunicação da Cemig, Aline Lacerda, da Presidenta do IEPHA-MG, Marília Palhares; e os Presidentes do Ateliê Casa Bracher, Carlos e Fani Bracher. O patrocínio do Painel Tríptico é da Cemig, com Lei de Incentivo do Governo de Minas, realização do IEPHA MG e idealização do Ateliê Casa Bracher. Ficha técnica
Criação
Carlos Bracher
Idealização, Pesquisa Histórica e Iconográfica
Blima Bracher
Assistente de Pesquisa Histórica e Iconográfica
Ricardo Correia de Araújo
Curadoria e Designer de Interiores
Fani Bracher
Coordenação Geral
Larissa Bracher
Documentário – Direção e Roteiro
Blima Bracher e Fred Tonucci
Direção de Arte, Edição e Foto de Capa
Fred Tonucci
Fotos do Verso
Blima Bracher
Direção de Fotografia
Leo Good God
Câmeras
Fred Tonucci, Bibiano e Leo Good God
Projeto Gráfico e Tratamento de Imagens
Flávia Costa
Direção de Produção
Sérgio Saboya e Silvio Batistela
Produção Executiva
Carlos Chapeu
Secretaria Executiva
Amora Pinheiro
Administração Financeira
Letícia Napole
Redes Sociais
Blima Bracher
Assessoria de Imprensa
Fábio Gomides – A Dupla Informação
Enquadramento em Leis de Incentivo
Simone Senra – Sirius Cultura
Produção Técnica
Fernando Senra
Execução de Músicas
Quarteto Baltazar
Ator em Recital de Poesias
Juliano Mendes
Agradecimentos
Fani, Blima e Larissa Bracher, Valentim Bracher de Araujo, Paulinho Moska, Padre Edmar, Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Ouro Preto, Igreja de São Francisco de Assis em Ouro Preto e toda a sua equipe, Paróquia da Igreja de São Francisco de Assis em Pampulha e sua equipe, à Cemig e sua equipe, ao Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico, IEPHA-MG, e sua equipe. E a todos aqueles que, direta ou indiretamente, contribuíram com a concretização dessa obra, minha eterna homenagem à Minas Gerais e aos agentes que a edificaram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments